Diagnóstico

O exame físico é o primeiro passo para o diagnóstico. Se a averiguação da região escrotal for inconclusiva, o médico poderá solicitar exames específicos como o ultrassom escrotal.

Outros testes complementares ajudam no diagnóstico, entre eles o eco-doppler colorido, que confirma a suspeita do exame clínico.