Perguntas frequentes

O que causa a infecção urinária?

No geral, o problema é causado principalmente por germes vindos do intestino. Tanto que, em 85% dos casos, o problema é provocado por uma bactéria intestinal chamada Escherichia coli.

A doença é transmissível?

Não. No entanto, pode se manifestar após relações sexuais porque o pH da região fica alterado. Entre mulheres que variam muito de parceiro, a incidência é comprovadamente maior.

Pode ser transmitida sexualmente?

Apesar de a transmissão ambiental ser mais comum, vale tomar cuidado com a transmissão sexual. Toda vez em que existir uma bactéria em um dos parceiros, ela pode ser transmitida sexualmente. Se alguém tiver uma infecção urinária com um germe chamado clamídia, por exemplo, ela pode sim comprometer a via urinária e sexual.

Existem pessoas com predisposição a ter infecções urinárias?

Sim. Há vários motivos que podem facilitar esse problema. É preciso ficar atento ao histórico familiar, baixa resistência e doenças como Aids, diabetes e câncer, que também são agravantes. Uso de espermicidas, múltiplos parceiros e cálculo urinário também predispõem.

O que acontece quando a infecção urinária não é tratada?

Quando não tratada, a infecção tende a evoluir, pode se transformar em uma pielonefrite, que pode gerar um quadro de infecção generalizada, conhecido como sepse. Além disso, pode levar à formação de abscessos no rim.

Como evitar a infecção urinária?

As principais recomendações são: beber muita água , para tornar a urina mais límpida;  urinar depois da relação sexual, não segurar urina por muito tempo e, caso este seja um problema recorrente, procurar um urologista para investigar o caso.

Ela é mais frequente em pessoas idosas?

Sim, uma vez que a resistência diminui com a idade.