Fatores de risco

No homem, em que a ocorrência é bem menos significativa do que nas mulheres, a maior parte das infecções urinárias tem como fator de risco a pouca ingestão de água ou a obstipação (prisão de ventre).

Além disso, a prática de sexo sem preservativo aumenta as chances de contaminação. Alguns homens com hiperplasia benigna da próstata podem reter urina na bexiga por muito tempo, o que também predispõe a infecções.

Ter o sistema imunológico suprimido impede que as defesas do corpo atuem propriamente, facilitando a entrada de bactérias que causam infecções.