Prevenção

É possível adicionar à rotina do dia a dia uma série de hábitos que evitam a incontinência urinária. Fique por dentro:

  • Controle a ingestão de líquidos à noite.
  • Evite bebidas alcoólicas e com cafeína.
  • Controle o diabetes e o peso corporal.
  • Abandone o tabagismo.
  • Regule os intervalos entre as micções. Não espere apenas a vontade de urinar para ir ao banheiro.
  • Mantenha uma alimentação saudável, com bastante fibras.
  • Realize atividades físicas regularmente.
  • Reconheça e evite alguns fatores que causam a IU, como uso de remédios diuréticos ou problemas de locomoção em idosos.

Exercícios do assoalho pélvico

Esse treinamento é baseado em exercícios para fortalecer e melhorar a coordenação dos músculos do assoalho pélvico, prevenindo ou melhorando as disfunções nessa região.

É muito utilizado em casos de incontinência urinária, incontinência fecal e disfunções pélvicas, tanto em homens quanto em mulheres. É importante buscar um fisioterapeuta para realizar os exercícios da forma correta.

  Como fazer os exercícios

  Deitado

  • Deite-se de barriga para cima, com os joelhos dobrados e pés apoiados no chão.
  • Contraia os músculos do assoalho pélvico por 5 segundos, sem forçar a barriga, bumbum e coxas.
  • Relaxe por 5 segundos. Repita 10 vezes.

Sentado

  • Sente-se e deixe os pés paralelos e afastados. Contraia os músculos do assoalho pélvico por 5 segundos, sem forçar a barriga, bumbum e coxas.
  • Relaxe por 5 segundos. Repita 10 vezes.
  • Tenha cuidado com a postura. Essa opção permite que você faça os exercícios enquanto dirige, em casa ou até mesmo no trabalho.

Em pé

  • É realizado da mesma forma que os outros: contraia os músculos do assoalho pélvico por 5 segundos sem forçar a barriga, bumbum e coxas. Relaxe por 5 segundos. Repita 10 vezes.
  • Tenha cuidado com a postura.