Diagnóstico

A melhor forma de detectar o HPB é por meio do toque retal. Durante o exame, o médico consegue avaliar o tamanho e a consistência da próstata e se há indícios de câncer.

Com um exame de sangue, é possível verificar a presença de uma substância conhecida como Antígeno Próstático Específico (PSA) que aumenta em casos de HPB e de câncer de próstata. Mas o fato de estar elevado não significa que o homem tenha câncer de próstata ou aumento benigno da glândula.

Além disso, outros exames poderão ser solicitados: taxa de fluxo de urina, teste para saber o quanto de urina permanece na bexiga depois de urinar, análise do fluxo de pressão da bexiga, exame de urina para detectar a presença de sangue e se há infecção e cistoscopia.