Folha de S. Paulo dedica caderno especial à Insuficiência cardíaca

Folha de S. Paulo dedica caderno especial à Insuficiência cardíaca

O primeiro Seminário Folha Coração Fraco, que ocorreu na segunda-feira (25), ganhou um caderno especial, encartado na edição impressa e disponível no site da Folha de S. Paulo. Nele, é possível ter um panorama sobre a Insuficiência Cardíaca, quem ela atinge e quanto o Brasil dedica de seu orçamento na área da saúde para a doença. A iniciativa teve patrocínio da farmacêutica Novartis, como apoio do Instituto Lado a Lado pela Vida e da Rebric (Rede Brasileira de Insuficiência Cardíaca).

 Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das mortes por doenças cardíacas poderiam ser evitadas apenas com mudanças de estilo de vida, como alimentação saudável, prática de atividade física, não ingestão de bebidas alcoólicas e o não tabagismo. A falta de orientação adequada é uma das responsáveis para que não ocorra a adesão do paciente ao tratamento. 

Para os especialistas, que abordaram o tema no evento, o que leva os pacientes a abandonarem o tratamento é a falta de compreensão da importância dos remédios e do programa de reabilitação. É por isso que cerca de 50% das pessoas internadas no país voltam a ser hospitalizadas em até seis meses após a alta, de acordo com pesquisa divulgada em 2014 pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.
 
Há consenso de que é preciso atuar com mais ênfase na prevenção e informação sobre a doença, para que o quadro seja revertido. No debate, foi divulgada uma boa notícia, a de que a queda da mortalidade entre os anos de 2008 e 2017, foi reduzida em 26%, passando de 15,1 para 11,2 mortes por cem mil habitantes. No mesmo período, também houve diminuição de 24% no número absoluto de internações - de 270.991 para 205.633.

Para ler os conteúdos, basta clicar nos links:

Molécula criada por brasileiro age no cerne da insuficiência cardíaca: http://bit.ly/2JLq7L6

Mortalidade por insuficiência cardíaca cai 26% em uma década: http://bit.ly/2OusNf2

Estilo de vida é fator determinante para manter saúde do coração: http://bit.ly/2FKP44r

País ainda falha ao prevenir insuficiência cardíaca, dizem médicos: http://bit.ly/2OvbGd3

Falta orientação adequada para paciente aderir ao tratamento de insuficiência cardíaca: http://bit.ly/2YpjTE2

Sobreviventes de infarto contam como convivem com insuficiência cardíaca: http://bit.ly/2YyxLfd

Cardiologistas respondem a 10 perguntas sobre insuficiência cardíaca: http://bit.ly/2OxYvYW