Diagnóstico

A confirmação da doença é feita por meio de avaliação de histórico clínico e exames de imagem que detectam a presença dos cálculos no trato-urinário.  Dentre estes exames, o mais indicado é a tomografia computadorizada do abdômen, que é capaz de encontrar a maior parte dos cálculos nesta região.

Outros procedimentos também eficazes são o ultrassom e o raio-X.