Lado a Lado realiza workshop em congresso no Panamá

Lado a Lado realiza workshop em congresso no Panamá

Como as organizações podem colaborar para melhorar as políticas públicas na área da saúde? De olho nessa questão, o Instituto Lado a Lado participa do workshop "Fibrilação Atrial na Prevenção do AVC: o paciente em primeiro lugar", realizado durante o Cardio Summit, no Panamá, no dia 29 de outubro, Dia Mundial de Combate ao AVC.

Além de marcar presença nesse debate, o Lado a Lado terá oportunidade de apresentar o trabalho do Instituto, ilustrando na prática sua atuação em advocacy e como ela pode ajudar pacientes e população em geral.

Entre as ações que ganharão destaque na apresentação do Instituto, está a realização do 1º Fórum Sobre as Doenças Cardiovasculares no Brasil, que promoveu uma ampla discussão sobre o panorama da saúde do coração dos brasileiros, sobre a adesão aos tratamentos e o comportamento em relação às doenças cardiovasculares, assim como sobre os efeitos adversos dos tratamentos e intolerâncias.

A agenda do encontro também inclui a exposição de cases de representantes da Fundação Colombiana do Coração e da Inter American Heart Foundation, do México, além da participação de especialistas com palestras sobre o cenário da fibrilação atrial na América Latina e prevenção do AVC planos de ação, entre outros temas.

Setembro Vermelho

O 1º Fórum Sobre as Doenças Cardiovasculares no Brasil foi realizado no dia 29 de setembro, Dia Mundial do Coração, e integrou a programação do Setembro Vermelho, uma campanha nacional do Instituto Lado a Lado pela Vida em prol da saúde cardiovascular.

O evento reuniu cerca de 180 participantes entre médicos, pacientes, representantes do Ministério da Saúde, operadoras de saúde e parlamentares no Senado Federal, onde foram discutidos temas como o papel do cardiologista na divulgação e participação de ações em prol da saúde; o panorama da saúde cardiovasculares no Brasil e no mundo; o impacto das mudanças dos fatores de risco sobre as doenças cardiovasculares; o papel do governo e das instituições frente às doenças cardiovasculares e o tratamento das doenças do coração e suas implicações no cenário nacional.

Entre os resultados da iniciativa estão a inserção das doenças cardiovasculares Frente Parlamentar Mista para a Saúde, assim como a geração de um documento que será a diretriz de trabalho junto ao Ministério da Saúde.