A Saúde do Homem no Brasil: um desafio de proporções continentais

A Saúde do Homem no Brasil: um desafio de proporções continentais

O Instituto Lado a Lado pela Vida lidera no Brasil uma importante discussão acerca da Saúde do Homem, desde que a Campanha Nacional Novembro Azul, que teve como foco inicial a prevenção do câncer de próstata, hoje em sua quinta edição, cresceu e passou a incorporar a atenção ao homem de uma forma mais abrangente. Afinal, o homem não pode ser visto apenas sob o âmbito do câncer de próstata.

Há uma necessidade premente de enxergar o homem como um ser integral e levar a ele informação e orientação sobre as doenças cardiovasculares, os cânceres de pênis e próstata, HPV, a sexualidade, comportamentos de risco e todo o universo que impacta em sua saúde.

E para dar continuidade a este trabalho, o Instituto Lado a Lado pela Vida esteve em Brasília na última semana para duas reuniões estratégicas: uma com o deputado federal Dr. Jorge Silva, Coordenador da Frente Parlamentar de Atenção Integral à Saúde do Homem e com o coordenador da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH), Francisco Norberto Moreira e equipe. Ambos engajados e alinhados com os propósitos do Instituto Lado a Lado pela Vida em abraçar esta causa.

Na ordem do dia, a ampliação da campanha Novembro Azul, uma abordagem mais contundente acerca das doenças crônicas não transmissíveis (DCNTS) e o II Fórum Ser Homem no Brasil, agendado para o dia 8 de novembro em Brasília.