LAL investe em conteúdo e estreia coluna sobre urologia

LAL investe em conteúdo e estreia coluna sobre urologia

Desde sua fundação, em 2008, o Instituto Lado a Lado pela Vida investe na produção e divulgação de conteúdo de qualidade sobre saúde do homem, doenças cardiovasculares e câncer. Reforçando o compromisso assumido, no próximo dia 16, estreia a coluna "Como assim, Dr. Falci?", escrita pelo urologista e membro do Comitê Científico do LAL Renato Falci Júnior. No mesmo dia, às 18h30, Dr. Falci participará de uma live no Facebook do Instituto, respondendo questões enviadas pelos internautas.

Graduado pela Faculdade de Medicina da USP em 1996, Dr. Falci, que fez residência em Cirurgia Geral e Urologia no Hospital das Clínicas e concluiu o doutorado também na USP, tem entre seus objetivos difundir conteúdo relacionado a sua área de atuação para o público leigo. A parceria entre ele e o LAL acabou sendo natural, já que o urologista acompanhou o surgimento do Instituto, quando foi diretor da Sociedade Brasileira de Urologia, e atualmente faz parte do Comitê Científico.

"Hoje o Lado a Lado é referência em prevenção de doenças e promove atitudes pró-saúde para a população brasileira. Com o passar dos anos e participando de entrevistas e escrevendo alguns artigos, percebi que ainda há uma demanda de conteúdo de qualidade com linguagem acessível sobre saúde. Conhecendo a seriedade do trabalho desenvolvido pela presidente Marlene Oliveira e por toda a equipe do LAL, entendi que seria o parceiro ideal para esse novo projeto. A informação de qualidade é capaz de mudar vários paradigmas na saúde, em todos os aspectos, seja individual ou coletivamente", explica Dr. Falci.

A coluna "Como assim, Dr. Falci?" trará textos sobre diversos temas relacionados à saúde, tanto masculina quanto feminina, com atenção especial para a urologia. "Terão grande destaque as doenças que pioram a qualidade de vida das pessoas, como o crescimento benigno da próstata nos homens e a incontinência urinária, que afeta homens e mulheres. Mas eles não serão restritos a isso. O primeiro texto será sobre como prazeres saudáveis do dia a dia podem se tornar vícios", adianta.

Segundo o urologista, em números absolutos, o crescimento da próstata nos homens, a incontinência urinária nas mulheres e os cálculos renais em ambos os sexos são as doenças urológicas que mais incomodam e impactam na qualidade de vida das pessoas. Além disso, a obesidade e o tabagismo também têm grande influência na saúde geral da população e a diabetes e a pressão alta, doenças consideradas crônicas, são as maiores causas de insuficiência renal crônica.

"A forma mais eficiente de evitar problemas renais é cuidar da saúde como um todo. Ter hábitos mais saudáveis está relacionado com uma dieta adequada e o combate ao tabagismo também. Especificamente sobre o aparelho urinário, a ingestão de líquidos, principalmente nos meses mais quentes do ano e quando praticamos esportes, é fundamental para diminuir o aparecimento de pedras nos rins", destaca Dr. Falci.

O Instituto Lado a Lado pela Vida acredita que incentivar o diálogo entre os profissionais da saúde, os pacientes e população brasileira é o caminho para promover mudanças na sociedade. Para Dr. Falci, a parceria com o LAL, reforçada com a publicação da coluna, é perfeita. "Primeiro porque sempre foi de forma reta e transparente. Segundo porque é 100% complementar e não existe conflito de interesses. Ela não é apenas a soma, mas uma multiplicação de resultados, de forma exponencial. O Instituto tem um time altamente competente e dedicado, e por isso, vejo altíssima probabilidade de sucesso da coluna", conclui o urologista.