5 filmes que vão te dar vontade de fazer exercícios

5 filmes que vão te dar vontade de fazer exercícios

Iniciamos mais um ano e, muita gente, ainda está 'lutando' com aquela promessa de deixar a preguiça de lado e começar a se exercitar. Que tal riscar de vez esse item da lista de resoluções de ano novo e liberar espaço para as metas de 2017?

Para dar aquele empurrãozinho, preparamos este post com sugestões de filmes que vão inspirá-lo a deixar o sofá e colocar o corpo em movimento, seja na academia, na rua, no parque ou em casa.

Rocky (1976, EUA)

Tudo bem, você não precisa sair do sedentarismo direto para um ringue de boxe. Mas tem que admitir que a determinação de Rocky Balboa é motivação suficiente para qualquer tipo de esporte. As sequências dos treinos do boxeador, no longa-metragem de 1976, em que pratica socos em carcaças penduradas no freezer ou corre pelas ruas da cidade - culminando com a cena clássica em que sobe as escadarias do museu da Filadélfia ao som do tema "Gonna Fly Now" - vão te fazer colocar o moletom, a faixinha vermelha na cabeça e correr sem rumo pela cidade. Ou, pelo menos, dar umas voltinhas no quarteirão até suar a camisa.

 

 

Flashdance (1983, EUA)

Este é outro clássico que tem uma trilha por si só empolgante. É só ouvir os primeiros segundos de "She's a Maniac" para se imaginar de polainas deslizando e saltando pela sala de casa. No filme, a bailarina Alex Owens protagoniza cenas de dança no ritmo das discotecas que embalaram os anos 80. A desenvoltura da personagem faz tudo parecer fácil e deixa quem assiste com aquela vontade de fazer igual. Ou pelos menos arriscar uns passinhos desengonçados de break dance na frente do espelho.

 

Menina de Ouro (2004, EUA)

Com o Clint Eastwood como treinador, você não faz promessas sobre começar a malhar na segunda-feira. Você começa. Essa é a principal lição do longa, que ganhou Oscar e Globo de Ouro em 2005: o poder da dedicação. Se a disciplina é quase sempre um problema quando se trata de manter uma prática regular de exercícios, para a personagem do filme foi o que a levou ao topo, à superação dos limites. É claro que não estamos atrás de fama e glória quando começamos a frequentar a natação, uma academia ou uma quadra de esportes. Nossas recompensas são outras: melhorar a saúde, aumentar a flexibilidade ou simplesmente ganhar mais disposição já fazem a dedicação valer a pena.

 

Jamaica Abaixo de Zero (1993, EUA)

Uma pausa nos dramas para uma comédia que também fala sobre dedicação, a começar pela sinopse: uma história real de um grupo de amigos que treina para competir em uma olímpiada de inverno, na modalidade bobsled - uma espécie de corrida de trenós em uma pista de gelo - debaixo do sol de 40°C da Jamaica. É um filme sobre amizade e espírito de equipe. Faz lembrar as partidas de futebol com os amigos, o time de vôlei da firma, as trilhas de bike com desconhecidos, os esportes que praticamos por puro e simples prazer, sem nos preocuparmos se levamos jeito.

 

Forrest Gump (1994, EUA)

"Run, Forrest, run!" - a frase clássica do filme, ganhador de 6 prêmios Oscar em 1995, pode servir como um mantra para quem quer levantar de vez do sofá e colocar o corpo em movimento, encarar o vento no rosto e o suor escorrendo. Em uma das cenas mais emblemáticas do filme, Forrest corre através dos Estados Unidos, sem qualquer explicação e motivo aparente, durante 3 anos, arrastando seguidores pelo caminho. Além desta cena, o filme mostra o espírito livre e leve do personagem, que tem tudo a ver com a experiência de quem pratica um esporte, aproveita a vida e desbrava o mundo.