Cristo Redentor é iluminado de azul para marcar campanha Novembro Azul

Cristo Redentor é iluminado de azul para marcar campanha Novembro Azul

Duas ações realizadas na cidade do Rio de Janeiro marcam o encerramento do trabalho do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL) durante o Novembro Azul. Em alusão à campanha, criada em 2011 pelo LAL, o Cristo Redentor (RJ) recebe, na noite de sexta-feira, 29/11, luzes azuis. Na manhã deste sábado, acontece o treino Novembro Azul, organizado pelo parceiro do instituto e ex-paciente de câncer de testículo, Vinicius Zimbrão. As duas atividades são para chamar a atenção da população para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, que em 2017 foi o responsável por 15 mil mortes no Brasil e, em 2018, foram diagnosticados 68 mil novos casos, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer).

O principal ponto turístico da cidade do Rio de Janeiro ficará azul entre 19:30 e 21:00 horas. A ação, promovida pelo LAL, tem como objetivo reforçar aos homens de todas as idades que eles devem estar atentos aos cuidados com a saúde de forma integral, em todas as fases da vida e não somente dar atenção à próstata, na fase adulta.

O treino Novembro Azul acontece a partir das 7h15 da manhã. Quem quiser participar, deve comparecer ao Mirante do Leblon. Às 7h15, saíram os participantes que optaram pela corrida. Às 7h30, aqueles que quiserem fazer o trajeto de bicicleta. Às 8horas, terá a saída do Posto 12, para todos os participantes e também aqueles que optarem caminhar.A inscrição é gratuita no appMywellness.

Novembro Azul brasileiro

Você sabia que o Novembro Azul, uma das campanhas de conscientização de saúde mais importantes do mundo, nasceu no Brasil?  Em 2011, inspirada pelo movimento australiano Movember (Moustache/November, em livre tradução Bigode/Novembro) e pela campanha internacional Outubro Rosa, para o câncer de mama, a fundadora e presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), Marlene Oliveira, decidiu lançar o Novembro Azul. O movimento foi uma evolução da Campanha "Um toque um drible", lançada pelo LAL em 2008.

Em pouco tempo, o Novembro Azul ganhou projeção e se transformou em uma ação de domínio público: foi abraçada por instituições governamentais, ONGs, empresas e pela sociedade civil, transformando-se em uma grande mobilização que engaja milhões de pessoas em torno da prevenção de doenças e saúde masculina, em especial o diagnóstico precoce do câncer de próstata. A recomendação é que homens com histórico familiar ou afrodescendentes façam os primeiros exames de diagnóstico (PSA e toque retal) aos 45 anos e aqueles sem esses fatores de risco, aos 50 anos. A partir do resultado dessa primeira avaliação, o médico deverá indicar o protocolo a seguir.

Quer ajudar a campanha?

 

Está no ar o financiamento coletivo para o Novembro Azul, do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), em parceria com a Kickante.

O LAL faz campanhas nas mídias sociais, nas ruas, praças, parques, estádios nos quatro cantos do Brasil, chegando inclusive em regiões de difícil acesso, nas zonas rurais e cidades do interior dos estados, de norte a sul do país.

Nessas interações, distribuímos folhetos, fazemos palestras e orientamos a população sempre oferecendo informações de qualidade, de forma simples, objetiva e esclarecedora.

Você pode fazer a diferença! Ajude o Instituto Lado a Lado a aumentar o alcance da campanha, doando qualquer valor a partir R$ 10. Visite o site do financiamento coletivo e doe agora. Lado a Lado somos mais fortes.

Clique aqui para ajudar:  http://bit.ly/2rcszS9